Home Ortopedia Tendinite insercional

Tendinite insercional

E-mail Imprimir PDF

Os calçados sem saltos podem trazer inúmeros problemas para os pés.

No verão, o calor dita as regras da moda. Vestidos leves, chapéus, shorts, camisetas e saias são as roupas preferidas das mulheres nessa estação. Os homens também mudam o visual para aguentar as altas temperaturas e deixam as calças compridas de lado, abusando de bermudas e camisetas. Essa escolha por modelos mais frescos e leves também atinge os pés. Durante a estação mais quente do ano, as pessoas que frequentam clubes ou praias abusam dos chinelos e sandálias sem salto. São as famosas rasteirinhas, que existem em diversos modelos e cores e agradam a pessoas de todas as idades. Elas são abertas e permitem a maior ventilação dos pés durante os dias quentes do ano. 

Apesar da aparência de calçados confortáveis, as rasteirinhas podem ser muito prejudiciais à saúde. “Os calçados sem salto não absorvem o impacto do ato de caminhar. Como eles são retos, ocorre sobrecarga do tendão calcâneo (também conhecido como tendão-de-aquiles), da planta do pé e do antepé”, afirma Wilel Almeida Benevides, ortopedista. 

O uso excessivo dos chinelos e sandálias sem salto pode trazer várias doenças para os pés. As mais comuns são a tendinite do tendão-de-aquiles e a faceite plantar. A tendinite é uma inflamação do tendão causada pela força que ele faz durante o caminhar. Essa força é maior quando são usados calçados sem salto. Já a faceite plantar caracteriza-se como uma inflamação do tendão, que ocorre devido ao impacto do calcanhar com o solo. O tratamento de ambas é feito com remédios, fisioterapia e mudança dos calçados que o paciente usa. “O pior fator das doenças causadas pelo uso das rasteirinhas é que elas provocam muita dor. Dessa forma, prevenir-se e usar o calçado correto é a melhor maneira de cuidar dos pés”, diz Wilel. 

• Ao escolher sandálias e sapatos de salto, dê preferência aos que têm salto de três centímetros de altura. 
• Sandálias rasteiras só devem ser usadas por períodos curtos. 
• Não abuse dos chinelos de dedo. Como a maioria deles não tem salto, o uso prolongado pode trazer problemas. 

Segundo o médico, o calçado ideal para a saúde dos pés deve ter salto de três centímetros de altura. Para as mulheres, Wilel recomenda calçados com salto anabella (veja foto), que distribuem o peso da pessoa entre todas as partes dos pés. “O ideal é que a pessoa use um calçado específico para cada tipo de situação. Durante a prática esportiva, tênis. No trabalho, se o salto for imprescindível, ele deve ter três centímetros. No caso das mulheres, o salto modelo anabella é a melhor opção.” 

COMO ANDAMOS O pé humano tem 26 ossos e é responsável pela sustentação e locomoção do corpo. O ato de andar envolve diversos músculos, mas é simples de ser entendido. O corpo levemente inclina-se para a frente e as pernas alternam-se; o joelho é dobrado e os pés empurram o chão para trás, o que faz com que o corpo se desloque para a frente. Para a pessoa não perder o equilíbrio, os braços tendem a ficar em posição oposta às pernas, ou seja, se a perna esquerda está para frente, o braço esquerdo está para trás e vice-versa. “Andar é uma tarefa fácil, mas, se os pés passam por algum problema, essa atividade simples e fundamental torna-se difícil e muito dolorosa”, afirma Wilel. 

AS DOENÇAS MAIS COMUNS 
Tendinite do tendão de aquiles 
• Inflamação do tendão devido a força que sofre durante o caminhar 
• Inflamação do tendão provocada pelo impacto do calcanhar com o solo

TENHA OS PÉS SAUDÁVEIS 
• Use tênis para caminhadas longas ou prática de esportes. 
• Cuide da higiene dos pés e unhas e evite a umidade excessiva entre os dedos. 
• Durante o verão, use meias de algodão, pois elas absorvem o suor e evitam umidade. 
• As mulheres, ao fazer as unhas, devem ter cuidado para não causar cortes, pois eles podem virar infecções ou problemas mais graves. 
• O volume do pé se altera ao fim do dia. Por isso, é preferível comprar sandálias e chinelos nesse período, que é quando os pés estão mais inchados. Dessa forma, evitam-se sandálias cujas tiras apertam e incomodam. 
• Conheça seus pés. Ao perceber qualquer alteração, procure um médico.
Fonte:Em

 

Publicidade

Facebook

Publicidade

Banner DL Gráfica

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Anuncie aqui

Seu anúncio aqui!
Produtos, serviços e clínicas. Anuncie na sua especialidade. Confira!

Vídeo da Semana

Enquete

Falhas de memória são comuns, mas alguns sinais mostram se isso pode ou não ser um problema. Você se preocupa quando nota que esqueceu algo?
 

Assine / RSS

Quem está Online

Nós temos 49 visitantes online