Home Oftalmologia
Oftalmologia

Teste de visão e palestras gratuitos

E-mail Imprimir PDF
Fundação Hospital de Olhos realiza nos meses de janeiro e fevereiro o “Programa de Promoção da Saúde Ocular”, que oferecerá palestras e testes de visão gratuitos. O objetivo do programa é conscientizar a população sobre a prevenção e a importância do diagnóstico precoce de doenças oculares.

As palestras acontecem às 10h e os temas abordados nas palestras incluem problemas visuais comuns na população brasileira, como glaucoma, catarata, distúrbios de aprendizagem relacionados à visão e ceratocone. Os interessados devem se inscrever pelos números (31) 3289- 2024 / (31) 3289-2073.

Programa de Promoção da Saúde Ocular

Local: Auditório do Hospital de Olhos Dr. Ricardo Guimarães

Endereço: Rua da Paisagem 220 - Vila da Serra – Belo Horizonte

Horário dos testes de visão: 8h10 às 10h e 11h às 12h30

Horário das Palestras: 10h às 11h

Cronograma das Palestras:

12/01 Dr. Ricardo Guimarães e Dr. Leonardo Tibúrcio - Tema: Glaucoma

19/01 Dr. Ricardo Guimarães - Tema: Catarata

26/01 Dra. Márcia Guimarães - Tema: Distúrbios de aprendizagem relacionados à visão

04/02 Dr. Raul Damásio - Tema: Cirurgia Refrativa e Ceratocone

Inscrições: (31) 3289- 2024 / (31) 3289-2073.

 

Angiofluoresceínografia e Retinografia

E-mail Imprimir PDF

O olho humano tem uma estrutura que permite a entrada (e também a saída) da luz até sua parte mais posterior ou profunda, a retina. A retina pode ser comparada ao filme de uma máquina fotográfica.

Todo o funcionamento do olho tem o objetivo de fazer com que a luz e as imagens entrem no seu interior e impressionem o nosso “filme”. Diferentemente das outras estruturas intra-oculares, a retina é um tecido muito delgado e frágil entremeado por muitos vasos sanguíneos.

A angiofluoresceínografia tem por objetivo estudar a dinâmica do sangue e fluidos dentro desta estrutura ocular tão delicada. O estudo é realizado através da injeção de um contraste (uma espécie de corante) dentro da circulação. Este contraste preenche os vasos dentro do olho que podem então ser fotografados.

Obtemos desta forma uma seqüência de fotografias que demonstram a dinâmica dos fluidos oculares retinianos e nos permitem identificar patologias muito comuns como o Diabetes, a Hipertensão, e até patologia do nervo óptico.

 

Menina vê pela 1ª vez após tratamento com células-tronco

E-mail Imprimir PDF
Uma menina britânica de dois anos de idade que nasceu cega teve sua visão reparada graças a um tratamento com células-tronco.

A britânica Dakota Clarke, da cidade de Newtownabbey, na Irlanda do Norte, nasceu com displasia septo óptica, uma deficiência rara no nervo ótico que provoca cegueira.

Ela foi submetida a um tratamento no hospital de Qingdao, na China. Segundo a família, que arrecadou dinheiro por meio de doações para a operação na China, o tratamento e a cirurgia não são realizados na Grã-Bretanha.
Leia mais...
 

O Que é glaucoma?

E-mail Imprimir PDF
"O glaucoma é causado por diferentes enfermidades que , na maioria dos casos , levam a um aumento da PIO". 

- Tipos de Glaucoma - Glaucoma Primário de Ângulo Aberto (GPAA) - Glaucoma de Ângulo Fechado - Glaucoma Agudo - Quem está sob Risco - Diagnosticando o Glaucoma - Tratando o Glaucoma - Colírios - Uso Oral - Cirurgia - Conclusão 

O aumento da pressão é causado por um bloqueio ao fluido no interior do olho. Com o tempo isto causa dano ao nervo óptico. Através da detecção precoce, diagnóstico e tratamento , você e seu oftalmologista podem ajudar a preservar sua visão". 

Pense em seu olho como em uma pia , na qual a torneira e o ralo permanecem permanentemente abertos. O humor aquoso está constantemente circulando através da câmara anterior. É produzido por uma pequena "glândula" , chamada corpo ciliar , situada atrás da íris. 

Leia mais...
 

Olhos Vermelhos

E-mail Imprimir PDF
O olho vermelho pode ter várias causas, entre elas, a conjuntivite, corpos estranhos, uveíte, úlcera de córnea, alergias.

Nunca as pessoas devem se automedicar e nem tentar usar um medicamento já testado por uma outra pessoa. Somente um exame realizado um especialista em oftalmologia irá indicar a terapêutica adequada. 

Ao contrário que muitas pessoas pensam, o uso de colírios não pode ser indiscriminado, pois eles são remédios que contém medicações específicas indicadas para cada tipo de patologia. Assim, o colírio já indicado para um problema, nem sempre poderá ser o mesmo. As conjuntivites, por exemplo, podem ser bacterianas, viróticas (ambas são contagiosas ou alérgicas não contagiosas). 

O exame oftalmológico dever ser feito periodicamente após aos 40 anos de idade, quando na incidência de doenças oculares. Por um outro lado, existe o risco de comprar óculos sem o resultado de um exame oftalmológico, em especial, nos casos de óculos de perto. 

É preciso lembrar que somente através de um bom exame é possível detectar problemas como cataratas, glaucomas e alterações retinianas. No caso de diabetes - uma causa importante de cegueira, pois afeta os vasos sangüíneos do fundo de olho, o diabético deve fazer consultas de seis em seis meses.

 

Secura Ocular, olho seco

E-mail Imprimir PDF
O olho seco é uma condição anormal da superfície do olho que se manifesta quando as pessoas produzem pouca lágrima ou a mesma é deficiente em alguns de seus componentes. Pouca quantidade, má qualidade. 

Quando um desses fatores ou ambos se apresentam, podem produzir-se zonas secas sobre a conjuntiva e fundamentalmente sobre a córnea o que facilita a aparição de lesões. 

Onde as lágrimas são produzidas e quais funções cumprem? 

As lágrimas são produzidas nas glândulas lacrimais alojadas nas pálpebras e na órbita óssea. Estas glândulas, respondendo ao sistema nervoso involuntário, segregam dois tipos de lágrima: 

As lágrimas basais ou constantes, que servem para alimentar a córnea, prover lubrificação, facilitar a visão e defender o olho de infecções ou corpos estranhos. 

Leia mais...
 

Catarata

E-mail Imprimir PDF
"A lente responsável pelo foco da imagem na retina dentro do olho pode, por diversos motivos, tornar-se opaca. Quando isso ocorre, aos poucos, a pessoa vai perdendo a visão. A boa notícia é que a catarata, como é chamado a opacificação do cristalino, tem tratamento. A técnica cirúrgica é moderna, rápida, mas exige experiência do médico. Na grande maioria dos casos, o paciente volta a enxergar as cores e as formas à sua volta com maior clareza".

Principal causa de cegueira no mundo e no Brasil, a catarata pode ser tratada por meio de processo cirúrgico. Estima-se a existência de mais de 350 mil brasileiros cegos em decorrência da catarata, que afeta a maioria das pessoas acima dos 60 anos. Casos em que o paciente apresenta outras doenças oculares associadas à catarata, como o glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular, nem sempre são reversíveis.
O que é a catarata?

A catarata caracteriza-se pela opacificação da lente interna do olho, chamada cristalino, responsável por focar as imagens dos objetos na retina. Além da função principal de lente focalizadora, o cristalino também tem papel importante como filtro que bloqueia parte da radiação ultravioleta nociva ao olho. Quando a pupila de uma pessoa com catarata se dilata, o olho fica com uma aparência esbranquiçada. Isso ocorre porque seu cristalino está opaco.
 



Publicidade

Facebook

Publicidade

Banner DL Gráfica

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Anuncie aqui

Seu anúncio aqui!
Produtos, serviços e clínicas. Anuncie na sua especialidade. Confira!

Enquete

Falhas de memória são comuns, mas alguns sinais mostram se isso pode ou não ser um problema. Você se preocupa quando nota que esqueceu algo?
 

Quem está Online

Nós temos 949 visitantes online