Home Cirurgia Plástica
Cirurgia plática

Desabafo de um médico

E-mail Imprimir PDF

Final de plantão......15 óbitos no hospital foram contabilizados!

Às vezes, a missão de ser médico é árdua a ser vivenciada por aqueles que acreditam na plenitude da alma. Atravessamos muitas dificuldades em qualquer ambiente de trabalho para conseguir exercer com dignidade a profissão.

O lema de “trabalhar com o que tem e não perguntar porque falta”, hoje, já se tornou a rotina da improvisação. Acolhimento humanitário é nunca dizer não, mas tentar adequar com o que se tem.

Ter dignidade refere-se a quem é digno, nobre e tratado com respeitabilidade. E a sociedade encara isso como uma condição ou obrigação? Tratar o ser humano como indigno, pobre, vil e sem respeito é então ser também indigno.

Nossa, terminei o plantão ofegante, suor na fronte, assustado de estar assumindo uma condição que abomino em meu juramento profissional e ser conivente com a situação. Lembrei-me da palavra compromisso e de sobre-salto procurei em meus dedos e não achei um Anel de Tucum!!!

Leia mais...
 

O Século da mulher

E-mail Imprimir PDF
Segundo um estudo estatístico realizado pelo Instituto Galupp, a pedido da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que tem por base os anos de 2003 e 2004, sabemos que mais de 60% das cirurgias realizadas no Brasil foram de caráter estético e, dessas, cerca de 80% foram realizadas em pacientes do sexo feminino.

Aproveitando a iminência do Dia Internacional da Mulher (08 de março), risco um paralelo entre a evolução sócio cultural da mulher e a evolução da cirurgia plástica. Essa data, ao ser criada, não pretendia apenas comemorar. O objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual.

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como redução na carga horária diária para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho por dia), equiparação de salários com dos homens (elas chegavam a receber até um terço do salário de um homem para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente em que trabalhavam. A manifestação foi reprimida com grande violência. As mulheres foram trancadas e queimadas dentro da fábrica. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Leia mais...
 



Publicidade

Facebook

Publicidade

Banner DL Gráfica

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Anuncie aqui

Seu anúncio aqui!
Produtos, serviços e clínicas. Anuncie na sua especialidade. Confira!

Enquete

Falhas de memória são comuns, mas alguns sinais mostram se isso pode ou não ser um problema. Você se preocupa quando nota que esqueceu algo?
 

Quem está Online

Nós temos 955 visitantes online