Home Todos os artigos
Todos os artigos

Depressão infantil

E-mail Imprimir PDF
Quem já enfrentou uma crise de Depressão sabe que este é um desafio respeitável, algo como bater de frente com um maciço elefante de tristezas e frustrações. Agora feche os olhos por um instante e tente imaginar alguém com um décimo da sua bagagem de vida tendo que enfrentar o mesmo elefante... No mínimo, uma covardia; no máximo, uma carnificina. É exatamente este tipo de ameaça que a Depressão Infantil representa.

Estima-se que a Depressão Infantil afete uma em cada 20 crianças abaixo dos 10 anos de idade. O problema maior (e o grande risco) está no fato de muitas de suas manifestações serem absolutamente diferentes daquelas observadas em pessoas adultas. Já presenciei casos de crianças rotuladas como difíceis e mal-educadas, quando, na verdade, estavam sofrendo de crises depressivas severas. E ninguém parecia estar entendendo coisa alguma.

Leia mais...
 

Bons e maus hábitos

E-mail Imprimir PDF
Crie um ritual agradável para a hora de dormir. Tente meditação, relaxamento, oração, ou outra técnica de controle da tensão. A leitura não relacionada com trabalho ou problemas é bom hábito.

Não olhe o relógio cada vez que acordar
Este mau hábito acrescenta sofrimento à tortura de uma eventual noite de insônia. Se seu relógio for daqueles com mostrador luminoso cubra-o ou deixe-o virado para o outro lado. 

Leve em conta o efeito do exercício
Um programa constante de exercício melhora o sono, e por isso atletas têm sono mais profundo. Entretanto, um único dia de exercício pode tornar o sono superficial. O melhor horário para exercício seria até 6 horas antes de deitar. Uma questão que ainda intriga os pesquisadores é que pessoas que passam vários dias de cama também sofrem aumento de sono profundo, como os atletas. 
Leia mais...
 

Doença de Alzheimer

E-mail Imprimir PDF
As demências constituem-se atualmente num dos mais graves grupos de condições clínicas a acometer as populações mais idosas. Nas últimas décadas, com o controle adequado de doenças como a hipertensão arterial, as infecções, o tabagismo etc., a humanidade vem aumentando seu tempo de vida e a média de sobrevida dos indivíduos tem sido progressivamente maior. Isto tem permitido que em todo o mundo aumente o número de casos de demência. A doença de Alzheimer, causa mais freqüente da demência, ocorre predominantemente em pessoas acima dos 65 anos de idade.

A doença de Alzheimer se caracteriza pela perda progressiva de funções intelectivas, isto é, o indivíduo vai apresentando alterações na memória, primeiramente não se recordando de fatos recentes, como onde deixou um molho de chaves, um documento que guardara, um compromisso agendado etc. Passa também a ter dificuldade para executar tarefas do cotidiano, como ir ao supermercado para fazer as compras, estabelecer cálculos simples como o de dar o troco, preencher cheques bancários etc. 
Leia mais...
 

Dermatite (eczema) de contato

E-mail Imprimir PDF
A pele exerce a função principal de revestimento e proteção do corpo humano contra fatores físicos e químicos do ambiente. A pele também tem papel importante na regulação térmica e no controle de fluxo sangüíneo.
 A parte superficial da pele, chamada epiderme, tem uma camada córnea, uma intermediária chamada de derme e uma mais profunda chamada de hipoderme, que é constituída do tecido subcutâneo gorduroso.

Quando a pele sofre ação de uma reação inflamatória superficial em decorrência de substância química, ocorre uma dermatite (eczema), que pode ser irritativa ou alérgica. A dermatite de contato irritativa (DCI), não-imune, decorre dos efeitos tóxicos de uma substância química sobre a pele e seus efeitos são imediatos, como na queimadura provocada por um ácido.

A dermatite de contato alérgica (DCA) requer a ativação do sistema imune, ou seja, em primeiro lugar a pessoa tem que se sensibilizar para depois se tornar alérgica. É o uso freqüente de uma substância que leva à alergia, e não o não-uso.

A dermatite de contato alérgica (DCA) é uma dermatose inflamatória caracterizada por vermelhidão, inchaço (edema), secreções (exsudações) e bolhas (vesículas) na fase aguda; quando se torna crônica, surgem a descamação e a formação de crostas.
 
Leia mais...
 

Tendinite insercional

E-mail Imprimir PDF

Os calçados sem saltos podem trazer inúmeros problemas para os pés.

No verão, o calor dita as regras da moda. Vestidos leves, chapéus, shorts, camisetas e saias são as roupas preferidas das mulheres nessa estação. Os homens também mudam o visual para aguentar as altas temperaturas e deixam as calças compridas de lado, abusando de bermudas e camisetas. Essa escolha por modelos mais frescos e leves também atinge os pés. Durante a estação mais quente do ano, as pessoas que frequentam clubes ou praias abusam dos chinelos e sandálias sem salto. São as famosas rasteirinhas, que existem em diversos modelos e cores e agradam a pessoas de todas as idades. Elas são abertas e permitem a maior ventilação dos pés durante os dias quentes do ano. 

Leia mais...
 

O que é angiologia?

E-mail Imprimir PDF
As doenças de fundo circulatório tiveram a sua origem com o aparecimento do homem sobre a terra. Com exceção do infarto do miocárdio, que acomete clinicamente os animais, as demais doenças relacionadas com a circulação sangüínea/linfática têm sido um apanágio do homem.

A angiologia tem seu início como ciência e arte quando os estudiosos das patologias cardiocirculatórias chegaram à conclusão de que era tarefa extremamente difícil e de pouca exeqüibilidade prática abarcar sob a mesma égide "cardiovascular" as doenças que acometiam a circulação venosa, arterial e linfática. 

Dentro deste contexto, foi estabelecido que era necessário haver uma dicotomia entre as doenças cardiovasculares, as quais seriam subordinadas à cardiologia, e as demais enfermidades circulatórias à nova ciência denominada de "Angiologia". 
Leia mais...
 

Teste da Orelhinha: simples e essencial ao bebê

E-mail Imprimir PDF

Um dos sentidos mais importantes para o desenvolvimento completo da criança é a audição. O bebê já escuta desde bem pequeno, antes mesmo de ser erguido pelo doutor em sua apresentação ao mundo. Isso acontece a partir do quinto mês de gestação, onde o bebê ouve os sons do corpo da mamãe e sua voz.

 

É através da audição e da experiência que as crianças têm com os sons ainda na barriga da mãe que se inicia o desenvolvimento da linguagem. Qualquer perda na capacidade auditiva, mesmo que pequena, impede a criança de receber adequadamente as informações sonoras que são essenciais para a aquisição da linguagem.

 

Leia mais...
 

Má higiene bucal ameaça o coração, revela pesquisa

E-mail Imprimir PDF

Um sorriso bem cuidado pode ser sinônimo de coração saudável. Essa relação é pesquisada há mais de 20 anos, mas só agora foi possível medir os efeitos da escovação diária. Um estudo populacional feito na Escócia mostrou uma forte associação entre a pouca frequência da escovação e o aparecimento de doenças cardiovasculares.

As pessoas que escovavam os dentes menos de duas vezes por dia apresentaram 70% mais chances de sofrer infarto do miocárdio, segundo pesquisadores da University College London (UCL), que analisaram o estilo de vida de mais de 11 mil pessoas — monitorando fatores como higiene, hábitos de consumo (como tabagismo) e a prática ou não de exercícios físicos.

A média de idade dos entrevistados era de 50 anos. A análise foi baseada na quantidade de visitas ao dentista, no número de escovações por dia, em detalhes sobre pressão arterial e o histórico de doenças cardíacas nas famílias.

Leia mais...
 

Postos já vacinam contra pneumonia

E-mail Imprimir PDF

A vacina contra pneumonia (pneumocócica 10-valente), para crianças menores de 2 anos, Crianças de até dois anos já podem receber a imunização gratuitamente

A vacina contra pneumonia (pneumocócica 10-valente), para crianças menores de 2 anos, já está disponível na rede pública de saúde de Belo Horizonte.

Antes, o medicamento só era oferecido em clínicas particulares, com um custo de R$ 250 a dose. Para garantir uma taxa de imunização de 80% a 85% contra essa doença são necessárias de três a quatro doses.

A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é de que 62 mil bebês sejam imunizados na capital. Em Minas Gerais, poucas cidades começaram a receber a vacina, conforme informou a Secretaria Estadual.

Leia mais...
 

Criptorquidia - Testículo não descido

E-mail Imprimir PDF

A Criptorquidia caracteriza-se pelo fato de um testículo não ter descido até o escroto. Bem cedo na gravidez, os testículos começam a se desenvolver dentro do abdome, influenciado por vários hormônios.

Por volta da 32ª e 36ª semanas de gestação, os testículos começam a descer em direção ao escroto, através de um “buraco” na musculatura chamado de anel inguinal.

Em 30 por cento das crianças do sexo masculino prematuras e em aproximadamente três por cento daquelas que vão até o final da gravidez, um ou ambos testículos não completam sua descida até a hora do nascimento.

A maioria deles descerá espontaneamente durante os primeiros três a seis meses de vida. Antes de seis meses de idade, menos que 1 por cento dos bebês têm ainda o problema. Pode ser afetado tanto um quanto ambos os testículos.

Leia mais...
 

Oleosidade: A vilã dos cabelos femininos

E-mail Imprimir PDF

Ninguém mais do que as mulheres sabem como é bom manter os cabelos limpos, bonitos, com brilho e saúde. Apesar disto, tenho visto muitas mulheres enfrentando um problema bastante desagradável que acaba refletindo em seus cabelos, a oleosidade exagerada do couro cabeludo.

As queixas são as mais variadas, como: brilho excessivo do couro cabeludo, descamação ou caspa, cabelos que não aguentam mais do que um dia sem lavar pois ficam pesados, pequenas lesões em couro cabeludo que lembram espinhas e até mesmo o mais desconfortável dos sintomas, a coceira. Esta recentemente foi até motivo de brincadeira em um comercial de TV que anunciava um xampu para este problema.

Não sei se lembram, mas a personagem do comercial sofria com a coceira no couro cabeludo e para disfarçar ficava coçando a cabeça enquanto brincava com um bebê como se estivesse imitando um macaco.

Leia mais...
 


Pagina 3 de 15

Publicidade

Facebook

Enquete

Falhas de memória são comuns, mas alguns sinais mostram se isso pode ou não ser um problema. Você se preocupa quando nota que esqueceu algo?
 

Quem está Online

Nós temos 61 visitantes online