Home Todos os artigos
Todos os artigos

Alergia ao ar condicionado

E-mail Imprimir PDF
Para muitas pessoas, o ar-condicionado é indispensável, sobretudo nos dias mais quentes do ano. Ele refresca o ambiente e está cada vez mais presente também nos automóveis, inclusive os populares. Entretanto, respiramos cerca de 20 mil vezes por dia e o ar climatizado artificialmente pode ser prejudicial à saúde, se cuidados essenciais com os aparelhos não forem tomados.

Como o ar condicionado pode trazer riscos à saúde?

Fungos, bactérias e ácaros são os grandes vilões do ar climatizado. Isso porque a redução da captação do ar externo provoca o aumento da concentração de poluentes biológicos no ar interno. Se a taxa de renovação for insuficiente, aumenta a concentração dessas formas de vida nos ductos de ar condicionado, o que favorece sua proliferação. Isso compromete a qualidade de vida das pessoas, principalmente as que são mais vulneráveis à contaminação, como aquelas que têm problemas respiratórios como a rinite alérgica.
Leia mais...
 

Fonoaudiologia e Educação: Um diálogo que deve existir

E-mail Imprimir PDF
Relação entre Educação e Fonoaudiologia é antiga e há quem defenda uma próxima relação de parentesco entre as duas áreas.

Segundo BERBERIAN (2000) no final do século XIX iniciou-se uma tentativa de normatizar a língua portuguesa e essa manifestação continuou até a década de 30, quando os agentes sociais falavam em distúrbios de linguagem referindo-se às variações dialetais expressas na fala dos imigrantes e, também, às variações contidas na fala dos próprios brasileiros que vinham de diferentes regiões do país para os centros urbanos. 

Nessa época a educação da fala foi incluída no currículo escolar e, em vários cursos de formação de professores foi introduzida a matéria metodologia da linguagem. Aos poucos os professores, junto aos outros profissionais que receberam a função de limpar a língua, ou seja, de fazer com que todos falassem da mesma forma, foram se especializando e passando a ser terapeutas, nascendo a Fonoaudiologia.
Leia mais...
 

Parkinson

E-mail Imprimir PDF
A doença de Parkinson (DP) ou Mal de Parkinson, é uma doença degenerativa, crônica e progressiva, que acomete em geral pessoas idosas. Ela ocorre pela perda de neurônios do SNC em uma região conhecida como substância negra (ou nigra). Os neurônios dessa região sintetizam o neurotransmissor dopamina, cuja diminuição nessa área provoca sintomas principalmente motores.

Entretanto, também podem ocorrer outros sintomas, como depressão, alterações do sono, diminuição da memória e distúrbios do sistema nervoso autônomo. Os principais sintomas motores se manifestam por tremor, rigidez muscular, diminuição da velocidade dos movimentos e distúrbios do equilíbrio e da marcha. 

1. RESUMO HISTÓRICO 
No ano de 1817, um médico inglês chamado James Parkinson, membro do Colégio Real de Cirurgiões, e homem bastante culto para a sua época, publicou sua principal obra: Um ensaio sobre a paralisia agitante, no qual descreveu os principais sintomas de uma doença que futuramente viria a ser chamada pelo seu nome. 
Leia mais...
 

Sepse mata a modelo Mariana Bridi aos 20 anos

E-mail Imprimir PDF
A modelo Mariana Bridi, de 20 anos, que teve os pés e as mãos amputados antes de morrer, neste sábado (24/01/09), em Serra (ES), sofria de sepse, provocada em decorrência de uma infecção urinária. Ela ficou internada desde o dia 3 deste mês no hospital Dório Silva. Confira abaixo mais informações sobre o que provocou a morte dela.
 
O que é sepse? 
Sepse é uma condição grave desencadeada por uma infecção na qual vários órgãos distantes do local infectado apresentam intensa atividade inflamatória. Nem todas as manifestações da sepse são respostas de defesa contra a infecção e se constituem em processos prejudiciais à recuperação. A sepse era chamada anteriormente de septicemia, toxemia ou infecção disseminada, termos abandonados esses termos por não definirem de forma correta o conceito. 
Leia mais...
 

Natação emagrece ou não emagrece?

E-mail Imprimir PDF
Como forma de perder gordura, a eficiência da natação varia de acordo com o desempenho do nadador, dependendo da velocidade do movimento, mas também da habilidade individual.

Em grupo ou individualmente, com professor ou em regime livre, nadar é bom para a saúde. Favorece o desenvolvimento harmonioso do corpo e pode ajudar a reforçar os laços familiares e sociais. Um nadador hábil necessita de menos energia para se mover na água, pelo que tem de nadar uma distância maior do que uma pessoa menos experiente se quiser perder o mesmo valor calórico. 
 
Leia mais...
 

Anorexia e Bulimia

E-mail Imprimir PDF
Os transtornos alimentares caracterizam-se por uma grave perturbação do comportamento alimentar que traz diversos prejuízos ao indivíduo. Nas últimas décadas a incidência de tais transtornos aumentou enormemente. Um dos fatores relacionados é o sócio-cultural, isto é, os valores presentes na sociedade.
 
Através da mídia são transmitidos modelos de forma física e aparência caracterizados pela magreza. A mensagem de que a beleza, felicidade e autovalor associam-se a um corpo magro é constante, podendo gerar preocupações extremas com o peso e formato corporal. Nesse contexto, algumas pessoas procuram-se adequar a esse padrão de beleza, visando serem aceitas e valorizadas. 

Leia mais...
 

Aneurismas Arteriais

E-mail Imprimir PDF
Denomina-se aneurisma a dilatação anormal e permanente de um determinado segmento das artérias. De forma simplificada, pode-se dizer que a origem desta dilatação é o enfraquecimento da parede arterial, congênito, como no caso de alguns aneurismas intracranianos, ou secundário a certas doenças - inflamações, infecções, traumatismos ou degeneração, sem dúvida a mais freqüente, causada pela aterosclerose, patologia de elevada incidência na população.

Em princípio, qualquer artéria pode ser acometida, mas é a aorta abdominal, especialmente em seu segmento abaixo das artérias renais, a mais freqüentemente envolvida pelo aneurisma. Uma vez enfraquecida a parede arterial, ela cede à constante pressão pulsátil do sangue em seu interior e, se dilata.
 
A partir daí e, de acordo com conceitos de leis físicas, essa dilatação aumenta cada vez mais, progredindo inexoravelmente para a rotura da artéria, situação sempre de extrema gravidade, que pode culminar com o óbito do paciente, as vezes até mesmo antes que ele consiga alcançar recursomédicos. 
Leia mais...
 

Transplante pioneiro de laringe

E-mail Imprimir PDF

Uma mulher norte-americana voltou a falar pela primeira vez em 11 anos após um transplante pioneiro de laringe. Brenda Jensen, 52, disse que a operação realizada na Califórnia foi um milagre que restaurou sua vida.
A informação foi publicada nesta quinta-feira 20 de janeiro de 2011 no site da "BBC News".

Treze dias após a cirurgia, ela disse suas primeiras palavras: "Bom dia, eu quero ir para casa."
É a primeira vez que uma laringe e uma traqueia são transplantada ao mesmo tempo e apenas a segunda vez que uma laringe é transplantada.

Jensen estava impossibilitada de falar por conta própria desde que sua laringe foi danificada durante uma cirurgia em 1999. O tubo usado para manter as vias respiratórias abertas feriu sua garganta, impedindo sua respiração.

Leia mais...
 

A saúde da boca é também a saúde do corpo

E-mail Imprimir PDF

Entenda como a higienização simples e rotineira pode prevenir muitas doenças perigosas  que atacam o nosso corpo

“A saúde começa pela boca”. Já ouviu essa afirmação antes, certo? A frase simplifica a importância da saúde bucal para o equilíbrio da saúde geral do corpo. A nossa boca possui milhares de bactérias vivas que convivem pacificamente no interior e se multiplicam na superfície dos dentes, língua e gengiva.

“Uma higienização bucal ineficiente pode acarretar em uma desordem na produção dessas bactérias que, consequentemente, dará início ao ataque contra a proteção e estruturas dos dentes e da gengiva. O resultado são as conhecidas doenças bucais, tais como cárie e doenças periodontais”, explica o Dentista-Cirurgião e Diretor-Executivo da Dentalpar, Dr. Armando Rodrigues Filho.

Esta batalha de titãs não se restringe apenas a região da boca. Essas bactérias que causam doenças bucais fazem um verdadeiro intercâmbio por todo nosso corpo, viajando  pela corrente sanguínea e interagindo com todos os órgãos. A região bucal é muito vascularizada, unindo a boca a todo o resto do corpo.

Leia mais...
 

Mutirão contra o câncer de pele

E-mail Imprimir PDF

Cerca de 80 mil casos da doença são notificados anualmente pelo Ministério da Saúde no país. Entre as pessoas mais propensas a desenvolver a enfermidade estão as mais claras

Faltam apenas 15 dias para o início do verão e muitas pessoas já pensam em curtir as férias em locais como praias, clubes, cachoeiras e rios. Porém, além dos preparativos para o lazer, é preciso se conscientizar de que a exposição exagerada e sem cuidados ao sol causa danos, como o câncer de pele, responsável por 25% dos tumores registrados no país.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) revelam que esse tipo de câncer é muito comum, até mais que os de mama, próstata e pulmão. Além disso, cerca de 80 mil novos casos da doença são notificados anualmente no território brasileiro. Com o objetivo de orientar a população sobre a enfermidade, suas formas de prevenção e a importância do diagnóstico precoce, foi realizada ontem a 11ª edição da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele.

Leia mais...
 

Por medo de impotência, um em cada 10 homens se recusa a operar próstata

E-mail Imprimir PDF

Levantamento realizado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) Octavio Frias de Oliveira, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, aponta que um em cada 10 homens com diagnóstico de câncer de próstata recusa a o tratamento cirúrgico com receio de ficar impotente.

Mensalmente o Icesp recebe cerca de 200 pacientes com câncer de próstata, a maior parte em estágio inicial e, portanto, com chances de cura.

Desse total, 10% acabam recusando a realização da cirurgia e preferem um tratamento não cirúrgico (radioterapia ou bloqueio hormonal) contra a doença maligna da próstata.

A possibilidade de disfunção erétil após a cirurgia radical da próstata existe, mas varia conforme a idade. Segundo o médico responsável Marcos Francisco Dall`Oglio, do ambulatório de urologia do Instituto, pacientes com até 60 anos de idade têm cerca de 70% de chances de não sofrerem qualquer problema de disfunção sexual.

Leia mais...
 


Pagina 5 de 15

Publicidade

Facebook

Enquete

Falhas de memória são comuns, mas alguns sinais mostram se isso pode ou não ser um problema. Você se preocupa quando nota que esqueceu algo?
 

Quem está Online

Nós temos 302 visitantes online